Achamos recentemente dois Urutaus numa árvore aqui na fazenda.  O passaro Urutau, também conhecido como jurutau ou urutago, dono-da-noite, ave-fantasma e, em nosso querido estado de Pernambuco, mãe-da-lua, pai-da-lua e pai-da-mata é uma ave cinzenta, da família Nyctibiidae, com boca grande e hábitos noturnos.

Urutau ou Pai-da-Mata

 

Aqui na Fazenda Várzea da Onça, achamos o Urutau pousando na ponta de um tronco morto de uma árvore, parecendo um prolongamento desse tronco.  Uma noite, eu estava andando na estrada de barro da fazenda com minha lanterna em mãos.  Fiquei surpresa de ver nesse escuridão, dois olhos imensos e laranjados refletindo a luz da minha lanterna!  No próximo dia, eu voltei para o mesmo lugar e vi os Urutaus, (ambos com maravilhosa camuflagem) no tronco da árvore.

Apredi que o Urutau tem uma das adaptações mais curiosas encontradas na avifauna brasileira está no fato deles poderem enxergar tudo o que se passa nas imediações de seu poleiro, mesmo estando com os olhos fechados!

 

Segundo o dicionário Houaiss, seu nome deriva do tupi uruta’gwi.

Segundo Fernando Costa Straube, seu nome seria uma corruptela do guarani guyra (ave) e táu (fantasma) “Para os guarani é a indígena Nheambiú que virou ave depois da morte do seu noivo Quimbae.  Os tupinambá afirmavam que ela trazia notícia dos antepassados e não a matavam.  Suas penas servem como preservativos contra a luxúria.  Ao vir da puberdade, as moças indígenas assentavam-se sobre a pele retirada a um urutau. Para outras tribos o costume era varrer o chão com as penas da mãe-da-lua.  Os carajá dizem que ela foi a moça Imaeró que tomou a forma do Urutau com ciúme de sua irmã Denaque que se casara com Tainacã, a estrela Vésper, tornado velho e alquebrado, e que pedira noiva e só Denaque o aceitara.  Quando Imaeró viu Tainacã moço, forte e bonito, enlouqueceu de raiva e ficou sendo o urutau lúgubre. Para os indígenas do rio Buopé (Uaupés) afluente do rio Negro no Amazonas, foi o tuxaua Duiruna que se tornou urutau por ter sua mulher Ueundá se transformando no peixe pacutinga ou pacu-branco (Myleus rhomboidalis).”

 

Para ler mais sobre o Urutau, visite esses blogs:

http://pt.fantasia.wikia.com/wiki/Urutau
www.whouah.com
http://ricardo5150.blogspot.com/2008/02/espetacular-ave-fantasma.html

Tagged with:
 

One Response to Pássaros na Fazenda: Urutaú/ Mãe da Lua/ Pai-da-Mata

  1. Odon Porto de Almeida disse:

    Encantado com o que estou conhecendo de seu empreendimento ecológico. Desejo que seus proprietários
    sempre permaneçam conservacionistas e distantes das práticas do agronegócio que destroem a Natureza na busca desenfreada de lucros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>